quarta-feira, setembro 28, 2005

Enquanto isso, no país do socialismo "real"..




Olhem bem estas imagens.
Não se sabe como foram obtidas, mas mostram o tratamento típico para quem tenta fugir da Coréia do Norte.
A mulher é bárbaramente agredida. Está sozinha, desarmada e sem defesa aparente.
Pois este é o "comunismo" , sinônimo do socialismo, que tem por objetivo uma sociedade "igualitária e justa"
O blog Free Thoughts trouxe o link para esta matéria sobre a agressão a uma provável defectora pelos militares da Coréia do Norte.

"Na fronteira Coréia do Norte-China, existe um posto militar a cada 2-4km. Aqueles que são pegos pela polícia chinesa quase sempre são repatriados à força para a Coréia do Norte pela polícia chinesa e aqueles que são pegos pelos militares da Coreia do Norte por tentativa de fuga são primeiramente interrogados nestes postos militares ao longo da fronteira".

Estas imagens se referem ao estilo "igualitário e justo" de um típico interrogatório nestes postos.

3 comentários:

Anônimo disse...

convido os bloggers deste site a lerem a narrativa do norte-coreano Kang Chol-Hwan, que foi internado no gulag norte-coreano Yodok quando tinha apenas 9 anos e so' foi solto 10 anos depois. Foi solto porque estava internado apenas para ser re-educado (junto com outros membros da familia, inclusive sua irmazinha de apenas 7 anos),ou seja nenhum crime lhe fora imputado.Todos os crimes contra a humanidade estavam exemplificados em Yodok. Os leitores dessas memorias dos 10 anos passados no gulag teem que ter um forte estomago para prosseguir na leitura, mas irao se comover com a narrativa de como o espirito humano consegue sobreviver mesmo nesses abismos hediondos.
Em lingua inglesa: The Aquariums of Pyogyang, por Kang Chol-Hwan e Pierre Rigoulot. Paperback por Basic Books 2005.
ISBN 13: 978-0-465-01104-9
ISBN 10: 0-465-01104-7
Em lingua francesa: Les Aquariums de Pyonyang, poe Editions Robert Laffont, 2000.

Fett disse...

o comunismo nao defende isto. alguns regimes comunistas é que sim. mas o comunismo pacifico é possivel.

LEONARDO MAYA disse...

Com toda a certeza, o comunismo (verdadeiro, o marxismo autêntico e não a vergonha feita pelos Bolcheviques ou os totalitaristas recentes), não apóiam tais covardias. A propósito; o comunismo não é "sinônimo do socialismo", como disse o autor do texto acima. Ao longo de décadas, o chamado Socialismo real alterou profundamente a semântica do termo "Socialismo", que hoje é erroneamente associado por alguns ao totalitarismo e ao desrespeito a certos direitos humanos.O Socialismo é um sistema político onde todos os meios de produção pertencem à coletividade, onde não existe o direito à propriedade privada destes meios de produção e, as desigualdades sociais seriam pequenas e a taxa de analfabetismo chegaria quase 0% - como aconteceu com cuba por exemplo - e seria um sistema de transição para o comunismo - onde não existiria mais Estado nem desigualdade social - portanto o Estado socialista deveria diminuir gradualmente até desaparecer. Porém,exemplos de governos totalitários nos moldes contrários à filosofia socialista foram a URSS durante o regime de Josef Stalin e a China de Mao Tse Tung.