quarta-feira, maio 16, 2007

Se o feto não é um Ser Humano... Por quê não comê-lo?

A lógica é perversa: se o feto não é um ser humano, aborto não é crime. Se o aborto não é crime, o que fazer com os fetos abortados? Por quê não comê-los?



Parece maluquice completa? Mas é exatamente o que aconteceu (e acontece) em países como China e Estados Unidos, onde o aborto é garantido por lei.



Vejam algumas notícias sobre o assunto:



--------------------------------------------------

Hong Kong noticia que chineses do continente comem crianças/fetos.
http://en.epochtimes.com/news/7-3-29/53482.html



"A revista "Next Magazine", publicação semanal de Hong Kong, reportou que corpos de crianças e fetos têm se tornado a mais nova fonte de suplementos à saúde e beleza na China. Não somente a placenta que é considerada um remédio de beleza, mas também fetos abortados são muito procurados. En Guangdong, as partes mais apreciadas estão em alta demanda e podem ser compradas nos hospitais. A investigação da revista deste tipo de canibalismo os levou à província de de Lianoning.

De acordo com a Next Magazine, durante um banquete promovido por um homem de negócios de Taiwan, um dos garçons Ms Liu da província chinesa de Liaoning revelou inadvertidamente do hábito de comer crianças / fetos na província e suas intenções de retornar lá para mais um “suplemento” em função de saúde. As mulheres taiwanesas presentes ficaram horrorizadas.



Ms Liu também revelou que mesmo que as pessoas tenham condições financeiras de comprar partes humanas, ainda há listas de espera e aqueles com as conexões certas obtém as partes de “maior qualidade”, o que quer dizer fetos mais tardios. Um feto do sexo masculino é considerado a maior das iguarias humanas.



Ao pedido da revista Nex Magazine Ms Liu pessoalmente acompanhou o repórter a um local onde um feto estava sendo preparado. O repórter observou uma mulher retalhando um feto de sexo masculino e fazendo uma sopa da placenta. Durante o processo, a mulher até mesmo tentou confortar aos presentes dizendo para “não terem medo, pois era apenas a carne de um grande animal”.



De fato, na China, reportes sobre refeições feitas com carne de crianças têm emergido de tempos em tempos.



Em março de 2003, a polícia de Bingyan, província de Guanxi, deteve 28 bebês do sexo feminino escondidos num caminhão vindo de Yulin com destino à Houzhou (Anhui). O bebê nais velho tinha apenas três meses de idade. Os bebês estavam embalados em pacotes de três ou quatro e muitos deles estavam quase à morte – nenhum foi reclamado pelos pais.



Numa manha de 9 de outubro de 2004, uma pessoa que estava caminhando num depósito de lixo nos arredores de Jiuquan, na região de Suzhou, encontrou pedaços desmembrados de bebês. Haviam duas cabeças, dois torsos, quatro braços e seix pernas. De acordo com a investigação, estes corpos não estavam mais de uma semana no depósito e tinham sido desmembrados após o cozimento.



O que faria um povo fazer coisas como essas sem nenhum medo de serem condenadas? Desde a Revolução Cultural de Mao, uma completa falta de moralidade e respeito pela vida humana tem sido norma na China. Ao longo do tempo, a dominação pelo regime comunista chinês levou ao comportamento inumano e violação dos direitos humanos resultantes de práticas anormais como o canibalismo."




Mas não aconteceu apenas na China. Os Estados Unidos, onde o aborto é liberado desde os anos setenta também foi notícia.



---------------------------------------------



Abortista acusado de comer fetos
http://www.wnd.com/news/article.asp?ARTICLE_ID=44779



Um abortista de Kansas City está fora dos negócios depois que investigadores encontraram uma casa dos horrores em sua clínica – com fetos sendo mantidos em embalagens de isopor no seu refrigerador e um dos funcionários acusando-o de ter posto um dos fetos no microondas e depois servindo-se dele no seu almoço.”



O pior é que , mesmo nos Estados Unidos, não há leis que impeçam um abortista de comer fetos. O elemento foi liberado.

2 comentários:

Eduardo Araujo disse...

Caro Luís,

Fico supreso que os abortistas estejam comendo os fetos, afinal eles os consideram veneno.

O mundo sem Deus é tão bonito ... (ironia)

Grande abraço!

Christian Rocha disse...

Opa. Desculpe por não ter avisado sobre os links. Na ordem dos fatores, acabei não fazendo isso...

And keep the good work. Seu blog é cada vez mais imprescindível.