sábado, setembro 17, 2005

Comentando os comentários do "Nadando"

Esta semana foi cheia.
Vi que os comentário na página aumentaram.
Uma pequena mas barulhenta parcela deles veio do time dos meus odiadores de plantão.

É muito estranho o nível de ódio que pode ser disseminado por todos que se dizem "da paz". É
gente que sonha com um mundo "melhor" e mais "justo", mas no exato momento que alguém para de recitar o mantra hipnótico destas palavras de ordem para ressaltat a vacuidade do seu significado e a mando de quem elas são conjuradas, é como se o encantamento acabasse. No mesmo instante, essas pessoas "solidárias" e "amantes da paz" deixam a máscara cair, vociferando palavras de um ódio juvenil. Elas revelam muito mais uma espécie de medo, um receio de que o seu mundinho-bom-dos-socialistas-hedonistas seja de papelão. Um miragem tão irreal quanto o governo (PaT)"ético" do PT. Parece que definitivamente para estes a realidade morde.

Patético.

Agora - falando por mim - não sou melhor do que ninguém. Também não sou pior. Apenas tento traçar o meu caminho de modo independente. E a dúvida, esta sim é a maior companheira de viagem.
O que não se pode é trocar idéias por ideais. Esta é questão. Cada jovem que escolhe o caminho do ideais, é menos um a professar o mundo das idéias...
Como diria Platão, que fiquem no fundo da caverna.

--

7 comentários:

Anônimo disse...

Por que será que você é tão xingado, hein sua olavete hipócrita? Vai te catar!

Luís Afonso disse...

Mais uma confirmação à tese.
Caso número 1405/BR catalogado e rotulado..
Pode vir o próximo...

Anônimo disse...

Ah... um petista. Ele não sabe que xingamento de esquerdista é elogio.

Fernando de Souza disse...

seu, seu, seu, seu bostinha!

Claudio Tellez disse...

Um "mundo mais justo" é o discurso padrão de todo totalitarista. O que muda entre uma variante e outra é meramente a conceituação de "justo". É esse apelo emocional o que dá sustentação ideológica a todas as formas de governo que terminam por escravizar as populações.

Abraços,
Claudio Téllez

marcos disse...

Esses liberalóides, com a vesguice tradicional. As idéias movem os ideais. Não são antípodas, mas complementares. Como escreveu o atualíssimo Karl Marx, o mundo já foi explicado, há que transformá-lo.

Grouxo Marx disse...

Ah, Karl Marx...

O mais palhaço dos nossos irmãos. Inventou uma piada que faz rir até hoje.