domingo, outubro 07, 2007

Córdoba, Argentina: Relatório Viagem

Relatório de Viagem: Córdoba, Argentina


Passei as duas últimas semanas em Córdoba, Argentina, por motivos profissionais.Foi minha segunda estada por lá.


Primeiríssimas impressões: esqueçam tudo o que sabem sobre a Argentina e, principalmente, sobre os argentinos. Por quê?


Em Córdoba, a língua falada não tem nada a ver com aquele sotaque carregado de Buenos Aires, o Portenho (também conhecido por “Soy Xô”). É até inteligível. Vou dizer que para um brasileiro (e sulista como eu) , até mais inteligível que o português falado em Portugal.

Esqueça a arrogância porteña: o povo cordobês é muito simpático e inacreditavelmente hospitaleiro. Conheci pessoas fantásticas.

Se fores do sexo masculino, irá notar outra especialidade local: a beleza feminina. Córdoba é uma cidade de lindas mulheres.

Comida: come-se bem (especialidade: muita carne “parrillada”& cozinha italiana) e barato.

A cidade nunca dorme: pelo fato de ter uma população estudantil elevadíssima (12% da população) existem “ barrios” onde a animação é non-stop. Nueva Córdoba é um deles. O hotel onde eu estava hospedado era muito perto portanto pude fazer diversas incursões noturnas e confirmar que mesmo às duas da manhã era possível encontrar muitos lugares abertos, além – é claro – de barzinhos e danceterias.

Arquitetura: há muitas igrejas, museus e até uma redução jesuítica do século 16/17 intactas. A igreja dos Capuchinhos me chamou a atenção por ser uma construção do século XX em estilo gótico.


Mas é claro que também há o lado mais escuro.


Córdoba foi a cidade onde Che Guevara passou boa parte de sua vida. Conta-se que ele largou uma bela e rica herdeira local para correr a América de motocicleta. A casa onde Che morou foi transformada em museu. Che é ídolo total, donde parece óbvio que a maior parte de seus adolescentes-adoradores conhece quase nada de sua série de mais de 200 execuções à sangue frio.

Abandono: apesar da bonita arquitetura, Córdoba parece ser uma cidade que merece mais atenção do poder público. Espero que melhore, pois a cidade merece.

Parece mesmo que a mulher de Kirchner, Cristina vai ganhar as eleições para presidente... Apesar de ser senadora na Argentina, será uma marionete do marido que é uma marionete do Foro de São Paulo...

Aqui, algumas fotos...


Aqui podemos ver os Andes (sim, minha viagem foi até Santiago do Chile para retornar à Cordoba).









Eu, em frente ao Hotel onde ficamos em Córdoba.






Feira de Artesanato("Artesania") de Córdoba






Gardel, símbolo da Argentina





Igreja dos Capuchinhos, em estilo gótico, construída em 1930.









Encontros cordobeses: con Raquel Consigli y Horacio Martínez Paz (colunistas de “ La Historia Paralela”)





Paisagem da janela do meu quarto no Windsor & Tree (Buenos Aires y Entre Ríos)








Mais fotos no meu Álbum no Picasa:

Córdoba na Wikipedia



2 comentários:

Andressa disse...

luís, gostaria, se possível que me desse algumas dicas de Córdoba, considerando que irei passar uma semana com meu esposo e filha de dois anos.
Obrigada!
Andressa

Rosi disse...

Olá Luís, como vai?
Achei teu blog no google, pois tenho profundo interesse de fazer um curso de idiomas em Córdoba. Li teu texto e fiquei extremamente feliz, acredito que estou no caminho certo. Moro em SP, sou casada, sem filhos.
Gostaria de sua ajuda no sentido de indicar uma escola e hospedagem, uma vez que iremos eu e meu marido. Também gostaria de uma indicação da melhor época do ano para fazer tal curso e como funciona os cursos (período integral ou meio período). É possível?
Aguardo um breve contato e agradeço desde já a atenção.
Meu blog: http://mundinhodarosi.blogspot.com
Meu e-mais: rosimarycosta@hotmail.com