segunda-feira, agosto 27, 2007

Manu, a "Barbie" do PCdo$

A Barbie do PcdoB (Manuela – os pais dela gostavam do Júlio Iglesias, pelo visto) tem campanha em nível industrial.

Já espoucam outdoors em Porto Alegre agora, com mais de um ano adiante das eleições 2008. Apresentada como a “candidata da juventude” com campanha preparada por (parece ser) por publicitários (“e aí? Beleza?”) os outdoors têm estilo modernoso. O slogan é “Viva um novo Brasil”. Estranho para uma candidata a prefeita, querendo mudar o Brasil, né?

A campanha da Manu parece estar de vento em popa. De candidata a vereadora em 2004, salta para candidata vitoriosa e com recorde de votação para Deputada Federal. E agora ensaia avançar sobre a prefeitura de Porto Alegre.

Para responder a esta questão, afinal “beleza” não é o quesito adequado para eleger alguém.

Checando a lista de doações das eleições 2006 obtida no site do TSE , temos algumas pistas. Abaixo reproduzo as 8 maiores doações da vitoriosa campanha da “Manu” para deputada federal pelo PcdoB. Eis as doações acima de R$ 10.000,00.

Total Doações : R$ 359.758,67

Nome

Valor

1

CIA SIDERÚRGICA NACIONAL

R$ 50,000.00

2

Comitê Financeiro Único PC do B-RS

R$ 33,000.00

3

Comitê Financeiro Único PC do B-RS

R$ 15,000.00

4

BRASKEM SA

R$ 10,000.00

5

CIA ZAFFARI COM INDUSTRIA

R$ 10,000.00

6

ANTÔNIO CARBONARI NETTO

R$ 10,000.00

7

WALTER OLIVEIRA

R$ 10,000.00

8

MANUELA PINTO D'AVILA

R$ 10,000.00

Total dos doadores acima R$10.000,00

R$ 148,000.00



Em primeiríssimo lugar , a CSN doou 50 K para a campanha. O quê a CSN teria a ganhar financiando uma candidata anti-capitalista, com propostas velhas e bolorentas como ela?

Para quem não sabe a CSN é “empresa de capital aberto, com ações negociadas nas Bolsas de Valores de São Paulo e de Nova Iorque (NYSE), a CSN é um dos maiores e mais competitivos complexos siderúrgicos integrados da América Latina. Com capacidade de produção anual de 5,8 milhões de toneladas e cerca de oito mil empregados, a CSN concentra suas atividades em siderurgia, mineração e infra-estrutura. Oferece uma das mais completas linhas de aços planos do continente, de alto valor agregado.”

Qual seria o interesse da CSN na Manu?

Seria a candidata na verdade uma representante dos interesses da CSN na câmara federal?

O que uma empresa de perfil capitalista e global teria a ganhar financiando candidatos de partidos que, em última análise, pregam a tomada do poder em conjunto com o PT para instituição do “Socialismo Petista” sob as bênçãos de Fidel, Chávez no Foro de São Paulo?

Mas tem mais.

Outra companhia peso pesado no setor petrolífero , a Braskem, também contribuiu para a nossa Barbie.

Além da Cia Zaffari de supermercados, habitual doadora para candidatos petistas à prefeitura de Porto Alegre

Não há apelido mais certeiro para a Manuela. A propaganda a vende como jovem e rebelde. Nada mais falso, o “grande capital” ajudou na maior parte dos recursos de sua campanha.

E quais serão os resultados? Manu vai comprometer-se com o livre mercado, com o empreendedorismo? Não. Ela vai continuar sua cantilena socialista em busca da “superação da 'opressão' do capitalismo”.

Como Lênin já disse uma vez sobre os capitalistas : ““O capitalismo nos fornecerá a corda com que o enforcaremos.” No caso da Manuela, nada mais certeiro.

Eu me pergunto o que passa na cabeça dos dirigentes destas empresas, para financiar estúpidas decisões eleitorais. Os comunistas enchem a burra de doações enquanto candidatos comprometidos com o mercado, com o desenvolvimento são deixados morrendo à míngua.

No Brasil até passeata gay tem mais financiamentos privados do que qualquer atitude comprometida com a geração de riqueza, empregos ou o desenvolvimento do país.

É claro, vão dizer que os empresários buscam proteção e influência sobre determinado candidato. E ganham na loteria se o seu escolhido acabar por ganhar eleições e o poder. Conta-se que os Bildenbergs tiraram na loteria quando convidaram o obscuro governador do Arkansas, Bill Clinton em um de seus ultra-secretos encontros no início de 1992. Em novembro ele era eleito (quase milagrosamente) o novo presidente dos Estados Unidos.

Imaginar que algum capitalista poderá ter influência sobre um candidato de um partido comunista é como fazer um pacto com o Diabo. Pior, pois o Diabo costuma cumprir a sua parte..

Será que tudo isso então é por causa da “beleza” da candidata? Se for isso, é bom avisar aos incautos que esta Barbie pode ser perigosa. Mortalmente perigosa. Já dizia o velho ditado “ por fora, bela viola...”.



Um comentário:

Rodrigo disse...

Caro Assumpção,

Esquerdista é sempre de uma hipocrisia impressionante, já que eles não vêem nenhum problema nisto para colocar em práticas suas idéias dementes. Gostaria de dizer que já tinha denunciado a Manuela D'Ávila, apelidada de Miss Cinqüentinha, no site do então PFL de Porto Alegre com o artigo "E aí, Beleza? Beleza total, a CSN me banca!" ainda em dezembro de 2006. E se tu quiseres mais informações sobre a Miss Cinqüentinha, acesse o tag "Manuela D'Ávila" do meu blog.