terça-feira, setembro 20, 2005

Pingüim anti-americano

A histeria anti-americana chega a níveis ridicularmente absurdos.
Estava tentando atualizar o meu sistema Linux quando, abrindo um arquivo de configuração dos repositórios de atualização do sistema quando encontrei esta frase:

"Os mirros (sic) abaixo contém pacotes do 'Testing' que não podem ser distribuídos nos EUA devido às leis estúpidas daquele país. Imagino que você não more nos EUA, de modo que você é livre para usá-los."

Dá para acreditar?

Obs: Os pacotes em questão tratam de programas de cópia e visualização de DVDs e MP3.

3 comentários:

polenta disse...

Sim, dá para acreditar. As corporações multinacionais querem controlar o que o usuário faz com o DVD e o CD que é de sua (usuário) propriedade, inclusive proibindo a inclusão de recursos modernos já disponíveis para aparelhos de som e vídeo.
As leis estadunidenses estúpidas bloqueiam o desenvolvimento técnológico para aumentar os lucros dos vagabundos donos de multinacionais do entretenimento, reunidos na MPAA e RIAA. A vanguarda da produção de hoje está permeada por programas de computador, cujo desenvolvimento é incremental. O compartilhamento de conhecimento é muito mais eficiente que o velho segredo industrial. Isto mostra que uma etapa do modo de produção capitalista, a era das patentes, está superada. A produção é cada vez mais arraigadamente socialista. A ave da liberdade socialista já está madura o suficiente para romper a casca opressora que ainda a aprisiona.

polenta disse...

Sim, dá mesmo pra acreditar. Eu, por exemplo, acredito que nada melhor do que idolatrar ditadores barbudos, fumar maconha o dia inteiro e sair vestido de travesti em paradas do Orgulho Gay. E as leis americanas são estúpidas, elas prendem bandidos. Boas são as socialistas, que deixam os bandidos no poder. A ave da liberdade socialista está no forno, e eu não divido a coxinha com ninguém. Só o rabo. Porque como dizia Rosa de Luxemburgo, esposa do técnico do Real Madrid: "hay que endurecer, mesmo que tengas que usar viagra"

polenta disse...

Os ditadores que governam o mundo de hoje não são barbudos. G.W.B., Blair, Berlusconi não usam barba. E seus prepostos Sharon, Musharraf e Mubarak, também não.
As leis estadunidenses são estúpidas, pois não prendem bandidos. Os mais perigosos, como G.W.B., Cheney, Rice, e outros quadrilheiros perigosos das corporações estadunidenses, por exemplo, estão soltos. O assunto da ave, não vou perder tempo explicando a você, "Polenta De Estrelas E Listras"; pois dialética exige raciocínio, e liberalóides como você consideram que pensar pode dar dor de cabeça.