sábado, dezembro 03, 2011

Novas Igrejas Desconstrucionistas


Vejam a antiga Basílica de Fátima: 







Vejam a nova:
Nova Basílica Fátima


Qual das duas parece mais , não digo "bonita", mas qual das duas transmite mais humanidade, proximidade com as pessoas? Obviamente a primeira.
A "nova" basílica parece um coliseu anódino onde , se não fosse pelo crucifixo (que também é difícil de perceber), nada levaria a concluir que ali há um templo de oração, uma "casa de Deus"..

Esta é a nova tendência da moderna arquitetura que, já não contente em enfeiar / desumanizar todos os espaços urbanos, com suas caixas sem sentido nem estética, volta-se para destruir a última fronteira: os templos religiosos, mais particularmente os católicos.

O novíssimo exemplo desta sandice, que enterra milhões de euros (aqui em Portgal), é a nova igreja do Restelo, também conhecida como "Igreja-caravela".




Ainda não está completa. Ao final ficará assim:

Ainda há dezenas de outros exemplos, espalhados pelo país...

No artigo anterior falei sobre o suicídio cristão, este parece mais um capítulo.. Até os sinais externos -- como a marca indelével que a arquitetura sacra deixou nas cidades ao longo de milênios, sendo mesmo as maiores atrações destes locais (Paris - Notre Dame, por exemplo) -- parece que sucumbiram à auto-negação cristã.
Não basta tolerar seus inimigos ao ponto de render-se à eles, mas eliminar os próprios traços externos de sua própria fé. Ou fazer uma paródia do que foram, durante séculos, exemplares de devoção e desapego ao terreno..

3 comentários:

Ale. disse...

O futuro que nos espera é feio, tão feio quanto a arquitetura moderna...
Abraços e parab´nes pela postagem...

Gosto muito desse blog, por isso coloquei um link no meu.

Abraços,
Ale.
http://ordem-natural.blogspot.com

Fábio V. Barreto disse...

Essas igrejas de arquitetura moderna e contemporñea são estranhas mesmo. Nem parecem lugares sacros.

Anônimo disse...

Ola, destruiram a antiga para fazer a nova?