quinta-feira, setembro 02, 2010

Taxas de criminalidade no Brasil: 32% de aumento!

O estadão publicou esta notícia, que não é surpresa à ninguém.

Em 15 anos, taxa de homicídios cresce 32% no País -  Últimas Notícias - MSN Estadão
O Brasil tinha, em 2007, uma taxa de 25,4 mortes por homicídio a cada cem mil habitantes. Os homens apresentavam uma taxa (47,7) consideravelmente superior à das mulheres (3,9). Houve um acréscimo de 6,2 óbitos (cerca de 32%) por homicídios por 100 mil habitantes entre 1992 e 2007, mais acentuado para o sexo masculino. Entre 1992 e 2003 o coeficiente cresceu e, a partir de 2004, observa-se uma tendência de queda.

Em 2007, Alagoas (59,5 por cem mil), Espírito Santo (53,3) e Pernambuco (53,0) lideravam na taxa de mortes por homicídios. O Rio ocupava o 4º lugar, tendo conseguido reduzir de 50,8 em 2004 para 41,5 as mortes por homicídios a cada 100 mil habitantes. As menores taxas estavam em Santa Catarina (10,4), Piauí (12,4) e São Paulo, que passou de 28,5 em 2004 para 15,4 por 100 mil em 2007.


Aos "apressadinhos" que ao lerem que "as taxas cresceram de 1993 a 2004 e depois desceram" transformam imediatamente em "Lula", têm, no parágrafo posterior a causa: a tendência geral é de queda por que,principalmente, São Paulo teve uma queda espetacular, definindo a tendência decrescente. Quer dizer: "Serra!".

Mas o principal é que não se pode falar em tendência decrescente somente por que um dos estados - o mais populoso - teve uma queda acentuada. Se todos os outros estão crescendo, entendo que a metodologia está errada. Distorce a tendência a favor de um governo que só a aumenta, com seus claros vínculos com o narcotráfico e Foro de São Paulo.




Powered by ScribeFire.

2 comentários:

Rafa Guerra disse...

O número de homicídios aumentou exponencialmente em Salvador depois que Wagner assumiu o governo do Estado e João Henrique assumiu a prefeitura. Isso é fato.

Anônimo disse...

"O pior cego é aquele que não quer enxergar". Mesmo sabendo que o ex-presidente Lula instituiu vários projetos de apoio aos menos favorecidos, diga-se de passagem, quem de fato cometiam a maioria dos crimes, tiram o mérito dele pela diminuição da taxa de mortalidade, e a "doam" ao Serra? Isso me faz rir. Realmente acreditam que por causa de um único estado a taxa de mortalidade do Brasil diminuiu? PS: não sou "Lulista" porém gosto de fatos!