terça-feira, setembro 07, 2010

Mandela: Pau Mandado da Indústria de Diamantes

Há quatro anos, um filme chamado "Blood Diamonds" ("Diamantes de Sangue"), de Edward Zinck, com Leonardo DiCaprio, obteve uma inesperada censura de Nelson Mandela.
O filme, que mostrava como a indústria de diamantes na Europa financiava sangrentas revoluções, escravidão e morte na África (Serra Leoa, Moçambique) foi surpreendentemente censurado por Mandela.
Isto mesmo, a lenda viva, o defensor dos direitos humanos ficou preocupado pelo fato de o filme prejudicar os negócios da indústria de diamantes no continente africano.

E a escravidão, violência e morte que as pedras provocam? Ah isso não era importante.

O pior é que a posição de Mandela não deveria surpreender.

O New Republic, em coluna de 2006, revela os fatos e as estranhas "amizades" de Mandela.

Mandela, Diamond Shill. | The New Republic
something that isn't widely known about Mandela: The man who ended apartheid and became the late twentieth century's most eloquent spokesman for human dignity is also a shill for the diamond industry. Mandela's affinity for De Beers and other diamond companies is the result of both geography and personal relationships.


Entenderam? Mandela é um pau mandado da indústria dos diamantes..



Powered by ScribeFire.

Um comentário:

Francisco disse...

interessante. Parabéns pelo nome Assumpção bem escripto! nunca tinha visto