terça-feira, maio 06, 2008

Os Livros que F** o Mundo!!!

Os Livros Que F** o Mundo!!!

Acabei de receber esta mensagem do Human Events... Este livro parece ser imperdível.



TV, vídeo games, a Internet—muitas pessoas culpam a tecnologia pela violência, nasricismo e secularismo na sociedade atual. Mas o Professor Benjamin Wiker argumenta que não devemos culpar a tecnologia por isso – mas a filosofia. Em seu novo e controverso livro, 10 Books That Screwed Up the World (And 5 Others That Didn't Help) , (“10 Livros Que Estragaram o Mundo (e cinco outros que não ajudaram muito) ) Wiker prova que alguns dos livros mais respeitados da civilização ocidental são, na verdade, a raiz de muitas das destrutivas idéias e vícios culturais modernos.

Mirando em livros como “ O Príncipe ” de Maquiavel e “ Minha Luta ” de, Wiker mostra como a perversa ideologia destes autores não somente levou à atrocidades passadas como guerras e genocídios, mas também como estas filosofias ainda são populares e ainda causam danos hoje em dia. Estas idéias podem influenciar o pensamento de muitos, sem que estes dêm-se conta disso! Nesta intrigante e provocativa exposição você saberá

  • Como Leviathan de Hobbes promove a crença de que nós todos temos o “ direito” de obter qualquer coisa que queiramos.

  • Como Além do Bem e do Mal Beyond the Good and Evil de Nietzsche promove ateísmo e pavimenta o caminho para ateístas populares como Richard Dawkins e Christopher Hitchens.

  • Como Coming of Age in Samoa de Margareth Mead promove a promiscuidade e o divórcio..

Inteligente, chocante e instrutivo, o trabalho de Wiker agarra o cerne de cada um destes livros malignos e os expõe à luz do dia, oferecendo um aprendizado rápido das piores idéias na história da humanidade – e como nós podemos combat^-las no futuro.”



Na página da Amazon, sobre o livro, podemos encontrar mais pistas acerca de quais seriam os tais livros...

  1. ComoO Príncipe,deMaquiavel foi a inspiração de uma longa lista de tiranos (era um dos livros de cabeceira de Stálin)

  2. Como Discurso do MétododeDescartes "provou" a existência de Deus por fazê-Lo uma criação de seu próprio ego.

  3. ComoLeviathandeHobbes levou à crença de que temos o “direito” de possuir quaisquer coisas que desejemos.

  4. ComoManifesto ComunistadeMarx e Engels poderia receber o título como o mais malicioso livro jamais escrito.

  5. Como The Descent of MandeDarwin prova que tencionava que sua teoria da “sobrevivência do mais apto” fosse aplicada à sociedade humana.

  6. Como Para Além do Bem e do MaldeNietzsche lançou um apelo para que o mundo fosse unicamente governado pela “vontade de poder”.

  7. Como Minha LutadeHitler era um tipo de “Darwinistmo espiritualizado” que influenciou seu anti-semitismo genocida.

  8. Como o paraíso pansexual descrito por Margaret MeademAdolescência, Sexo e Cultura em Samoa revelou-se numa ficção criada por suas próprias aspirações e confusões sexuais.

  9. Por quê Sexual Behaviorin the Human MaledeAlfred Kinsey foi um simples caso de autobiografia mascarado de ciência”


Para adicionar mais interesse pelo livro, é de notar que uma das notas de contra-capa foi escrita por Thomas Woods Jr, autor de “ How Catholic Church Built Western Civilization” .




9 comentários:

Anônimo disse...

Bom, gracas a liberdade de imprensa, algumas pessoas que se acham a última bolacha do pacote, conseguem ganhar dinheiro vendendo porcarias como essa ...

Talvez eu esteja falando sem conhecimento da causa, já que nao gastaria R$0,01 nesse livro, mas algum dos livros citados sao verdadeiras obras primas, seja seu conteúdo malicioso ou preconceituoso, servem como base, mais do que importante, para entendermos a evolucao das idéias no decorrer do tempo.

Der Hexenhammer disse...

Concordo com o Anônimo. 99% dos grandes líderes do mundo deve ter lido Maquiavel. Julgá-los todos com base em nefastos exemplos cuidadosamente selecionados é falacioso, além de demonstrar patente desonestidade intelectual. Obviamente trata-se de mais um católico ultra-reacionário numa tentativa desesperada de vender o seu peixe (e esse peixe anda bem podre ultimamente). Devia tentar justificar os 2 bilhões de dólares gastos pelo Bentinho nos EEUU a fim de acobertar milhares de casos de pedofilia envolvendo seus vultos de preto... Triste.

Anônimo disse...

A lista de livros do mal deveria ser encabeçada pela Bíblia! Esta sim causou muita guerra, morte e perseguição! Já ouviu falar das cruzadas? E da inquisição? E dos livros citados deveriam manter só o seu livro de cabeceira (Minha Luta). Na verdade não são os livros que levam a desgraças,mas a falta deles, pois a ignorância é usada para controlar as massas por fascistas como você! ( Conservador Liberal! Soa como Racista humanista!!!) Embora o ser humano tenha trilhado um longo caminho evolutivo desde as primeiras formas de vida e passando pelos ancestrais comuns aos macacos, ainda encontramos aberrações como você, feitas de lama fétida. THIS IS DEVO!

Anônimo disse...

E a biblia? O Corão? A torá?

rcfpena disse...

Ele esqueceu de citar um livro aí, que acho que foi o primeiro a ser impresso por Guttemberg, uma tal de bíblia, daonde já foram tirados vários motivos para matanças, invasões, etc.
O mesmo para um 'tal de' corão...

Eu acho interessante que o maluco parece ja associar 'ateísmo' a mal, né?
bem, q seja!

Diogo disse...

Me pareceu ser um arsenal de baboseiras preconceituosas e discriminatórias, nada mais... deve ser uma merda.

Anônimo disse...

Cara tem certeza que “Inteligente, chocante e instrutivo, o trabalho de Wiker agarra o cerne de cada um destes livros malignos e os expõe à luz do dia, oferecendo um aprendizado rápido das piores idéias na história da humanidade”?

Desculpem-me, mas as “piores idéias na história da humanidade” estão compiladas em um livro só: A Bíblia. E aí vem esse pseudo-intelectual e escreve esse monte de baboseiras... “Inteligente, chocante e instrutivo”? Quem escreveu isso?

Anônimo disse...

Ele só "esqueceu" de incluir a bíblia e falar que as religiões estão na base de 90% de todas as guerras e das maiores atrocidades já cometidas pelo homem.

Anderson Gonzaga disse...

É interessante ver a sandice desses comentários acima.
Gente que nunca deve ter lido a Bíblia vocifera contra esse livro que nos ensina sobre o amor de Deus.
Na verdade isso apenas suporta a idéia do autor da obra citada, de que o mal que esses livros (e seus desdobramentos literários e sociais) está bem presente hoje em dia.

inclusive leva as pessoas a chamarem o mal de bem, e o bem de mal......