sábado, março 08, 2008

“Fascista sem máscara” na internet?... Ah,ah,ah

Um tal de Altamiro  Borges escreveu uma pérola para a edição on-line do Pravda.. Isso mesmo, aquele veículo famoso por suas mentiras nos tempos da ditadura comunista, agora posa de site de "notícias".


A piada é intrínseca: Olavo de Carvalho e o Mídia Sem Máscara serem "denunciados" pelo Pravda é algo Kafkaniano, ou pelo menos digno de um Eugene Ionesco. Leiam o trecho abaixo.



Para quem tiver estômago, vale à pena conhecer as teses ultra-reacionárias do site, que é editado pelo “filósofo” Olavo de Carvalho. Já na apresentação da página, o fascistóide escancara a sua esquizofrenia. “Mídia Sem Máscara é um website destinado a publicar idéias e notícias que são sistematicamente escondidas, desprezadas e distorcidas em virtude do viés esquerdista da grande mídia brasileira”. Para este lunático, que teme o perigo comunista até na sobra, a revista Veja, os jornais Folha e Estadão e a TV Globo dão espaço em demasia para a “manipulação esquerdista”. Olavo de Carvalho gostaria que estes veículos, que já são direitistas, pregassem abertamente um novo golpe militar, novas prisões e torturas e o retorno à ditadura, e bradassem: “Hai, Hitler!”.




A outra piada é o texto deste tal de Altamiro, que comete erros tão "craços" que chega a dar dó. Antigamente a crítica comunista era revestida de um certo brilho intelectual.
Deve haver falta de intelectuais de verdade nas hostes comunas - deve ser efeito da transformação de simples intelectuais em "intelectuais orgânicos: eles devem já devem ter virado adubo. Somente isso mesmo para justificar um texto em que erros de digitação ("Para este lunático, que teme o perigo comunista até na sobra (sic)") misturam-se a um remake risível da saudação nazista: "Hai, Hitler" .
Além de disso, o senhor Altamiro ainda "sobra" para tecer elogios ao Emir Sader (aquele, que escreve "Getulho Vargas") cujos comentários, segundo ele, "como sempre, são consistentes".
Para terminar, o atestado de que Olavo fala a absoluta verdade quando diz que a imprensa do Brasil é uma das piores do mundo: O autor desta pérola é "Altamiro Borges, jornalista (??), membro do Comitê Central do PCdoB (ahahah, aquele partido do covarde João Amazonas, que amava a zona mas não a guerrilha, que armou mas no final abandonou, deixando centenas de jovens no Araguaia despreparados em combate às Forças Armadas) e autor do livro “As encruzilhadas do sindicalismo” (Editora Anita Garibaldi, 2ª edição)
Enfim. Se queres dar umas boas gargalhadas.. Aí está.






Tags: | | |

4 comentários:

Jorge Nobre disse...

A Anita Garibaldi certamente merecia batizar algo melhor que a editora que publicou os livros desse boçal.

Anônimo disse...

joão gustavo diz:
não conheço o tal Altamiro Borges, mas li o artigo, discordo do modo como ele reduz a capacidade intelectual de Olavo de Carvalho e outros. Mas uma coisa temos que admitir:Olavo e outros que estão por aí na blogsfera sao reacionarios, se perdem nos argumentos,e, como diria o bom e saudoso Bento Prado Jr., são incapazes de travar "um duelo, um debate intelectual" de nível.Aqui no Brasil existe uma revista de grande tiragem- da editora Abril-chama-se VEJA, que abriga colunistas que vivem de factoides e insultos a outros que não compactuam com o ideário, com a filosofia da revista.Temos um excelente jornalista chamado LUIS NASSIF , este sim sabe travar um bom combate intelectual , contra os reacionarios da referida revista tais como Reinaldo azevedo, mainard e outros.Outros execrados por Olavo e Reinaldo são o prof.Emir Sader e o filósofo Paulo Ghirardelli. Assim fica díficil......

Anônimo disse...

Claro. A globo é de esquerda, Olavo de Carvalho é um gênio, a Xuxa viu mesmo duendes e Diogo Mainardi é um colunista imparcial.

Luís Afonso disse...

Resposta nova a um post antigo. Em pleno 2009, com a CONFECOM às portas, Lula e Ahmajinehad de braços dados, apoiando as FARC , Chávez e Zelaya, sem falar nas mentiras vazadas do Weathergate, Obama.. Achar que comunismo era só o que existia na URSS é muito aquém de um "debate" honesto.
Pior, achar que nazi-fascista e comunista são "opostos".
É por isso que o Brasil não vale a pena discutir.